Melhor Futebol do Mundo

Sancho, Rashford e Saka são vítimas de racismo após perderem pênaltis na final da Euro

Jogadores, todos negros, desperdiçaram suas cobranças na decisão; Rashford carimbou a trave e Donnarumma pegou as outras duas penalidades

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Saka é consolado por companheiros logo após perder o último pênalti da final da Euro 2020(Getty Images)

Saka é consolado por companheiros logo após perder o último pênalti da final da Euro 2020 | Getty Images

A Itália foi campeã da Euro 2020, após empate em 1x1 com a Inglaterra e triunfo na decisão por pênaltis. Após a partida, no entanto, as redes sociais foram palco de protestos lamentáveis dos torcedores ingleses, que destilaram racismo sobre Marcus Rashford, Jadon Sancho e Bukayo Saka, os três atletas que desperdiçaram suas penalidades.

Coincidentemente, Rashford - que bateu para fora - Sancho e Saka - que tiveram cobranças defendidas por Donnarumma - são negros. As críticas sobre eles ultrapassaram qualquer limite. Alguns torcedores usaram as redes sociais para comentar emojis de macacos em publicações dos atletas.

Em meio aos protestos, era possível ler alguns comentários positivos, como "você foi bem", "mantenha a cabeça erguida", "deu azar". No entanto, as críticas e o racismo acabaram se proliferando.

Comentários em post de Rashford (Foto: Reprodução/Instagram)
Comentários em post de Bukayo Saka (Foto: Reprodução/Instagram)

Depois da repercussão dos casos de racismo e da condenação de diversos torcedores, outros correram para as redes dos jogadores tentando dar apoio a eles. Alguns dos comentários mais curtidos das publicações indicavam mensagens de carinho. Com Rashford, um torcedor afirmou "sim, ele perdeu o pênalti, mas sem racismo" e foi apoiado.

Na página de Saka, vários incentivaram o jovem de 19 anos, que perdeu a última cobrança, a manter a cabeça erguida, garantindo que ainda estão com ele: "Não tem problema ter perdido. Ainda te amamos", disse um usuário. 

Comentários