Melhor Futebol do Mundo

LaLiga apresenta queixa à UEFA sobre fair play financeiro de City e PSG

A organização questionou as negociações com Haaland e Mbappé

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Renovação de Mbappé é questionada por LaLiga(Getty Images)

Renovação de Mbappé é questionada por LaLiga | Getty Images

A organização de LaLiga divulgou, na manhã desta quarta-feira (15), uma queixa à UEFA contra Paris Saint-Germain e Manchester City por entender que ambos violaram o regulamento de fair play financeiro.

As reclamações contra o clube inglês foram feitas em abril e, na última semana, foi apresentada a do time francês. LaLiga ainda informou que não é descartado que, nos próximos dias, novas prorrogações sejam feitas com as contribuições de novos dados.

No caso do City, o caso mais discutido foi a da contratação de Erling Haaland. Do outro lado, a renovação contratual de Kylian Mbappé foi o principal questionamento.

Confira a nota na íntegra:

"A LaLiga apresentou esta semana uma queixa à UEFA contra o PSG, que se juntará a outra contra o Manchester City em abril, por entender que esses clubes estão violando continuamente os atuais regulamentos de fair play financeiro.

A LaLiga considera que essas práticas alteram o ecossistema e a sustentabilidade do futebol, prejudicam todos os clubes e ligas europeias e servem apenas para inflar artificialmente o mercado, com dinheiro não gerado no próprio futebol.

A LaLiga entende que o financiamento irregular desses clubes é realizado, seja por meio de injeções diretas de dinheiro ou por meio de patrocínios e outros contratos que não correspondem às condições de mercado ou fazem sentido econômico.

As reclamações contra o Manchester City perante a UEFA foram feitas em abril e nesta última semana foi apresentada a correspondente ao PSG, embora não seja descartado que nos próximos dias sejam feitas prorrogações de algumas dessas reclamações com as contribuições de novos dados.

Adicionalmente, a LaLiga contratou escritórios de advocacia na França e na Suíça, incluindo o escritório francês do advogado Juan Branco, com o objetivo de empreender ações administrativas e judiciais perante os órgãos competentes franceses e perante a União Européia o mais rápido possível.

Na Suíça, a LaLiga está estudando diferentes opções de representação devido a possíveis conflitos de interesse de Nasser Al-Khelaïfi decorrentes de suas diferentes funções no PSG, UEFA, ECA e BeIN Sports.

Não é a primeira vez que a LaLiga denuncia estas práticas anticompetitivas perante a UEFA. A organização espanhola sempre liderou a defesa do controle econômico. Em 2017 e 2018, ele apresentou à UEFA contra o PSG e o Manchester City por infringir o fair play financeiro, o que resultou em sanções da UEFA contra os dois "clubes estaduais", embora posteriormente tenham sido anuladas devido a estranhas decisões do CAS.

As reclamações da LaLiga, bem como as declarações que a associação de clubes espanhóis vem fazendo nos últimos tempos a esse respeito, são feitas com base em dados e após um acompanhamento e análise detalhados das contas auditadas dos clubes".

Comentários