Melhor Futebol do Mundo

Harry Kane não se reapresenta ao Tottenham e força saída para o Manchester City

Atacante inglês era esperado nesta segunda-feira para realizar testes de covid no CT dos Spurs

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Harry Kane não se reapresentou ao Tottenham(Getty Images)

Harry Kane não se reapresentou ao Tottenham | Getty Images

A novela sobre o futuro de Harry Kane no Tottenham ganhou um novo capítulo nesta segunda-feira (2). O atacante era esperado no CT do clube para realizar testes de covid-19 e iniciar a pré-temporada com o grupo dos Spurs, mas não apareceu.

De acordo com a 'Sky Sports', Kane está forçando a saída do Tottenham. Tanto ele quanto seu staff entendem que existe um acordo de cavalheiros com os dirigentes do clube londrino há um ano para deixar a equipe, e por isso, a ausência na reapresentação está relacionada a uma transferência, sem qualquer ligação com um possível caso positivo do atleta para a covid-19. 

Harry Kane ainda tem mais três anos de contrato com os Spurs, mas já deixou claro que não pretende continuar no clube. O principal motivo é a ausência de títulos. Cria da base do Tottenham, o centroavante acumula 336 partidas e 221 gols com a camisa da equipe inglesa, mas ainda não ergueu nenhum troféu.

O Manchester City é o principal interessado na contratação de Kane, mas diante da relutância do presidente do Tottenham, Daniel Levy, em vendê-lo, a negociação vem se arrastando há meses. Apesar do desejo do jogador em deixar o Tottenham, o clube só pretende liberá-lo por cerca de 150 milhões de libras (R$ 1 bilhão), valor que os Cityzens podem não conseguir atingir, caso contratem o meia Jack Grealish, do Aston Villa, outro desejo de Pep Guardiola.

Harry Kane tem 28 anos e vem sendo o principal nome do Tottenham nas últimas temporadas. Em 2020/21, ele foi o artilheiro da Premier League com 23 gols marcados, além de 14 assistências. 

 
Kane marca de pênalti para diminuir: 4 a 2 para o Bayern contra o Tottenham
Comentários