Melhor Futebol do Mundo

Após racismo contra jogadores ingleses, FIFA pune Hungria com multa e jogo sem torcida

Entidade lançou investigação e decidiu por punição "levando em consideração a seriedade dos incidentes"

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Imagem de Rice bebendo copo de cerveja atirado pelos húngaros viralizou(Getty Images)

Imagem de Rice bebendo copo de cerveja atirado pelos húngaros viralizou | Getty Images

No dia 2 deste mês, a Inglaterra visitou a Hungria, em partida válida pelas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2022, e venceu por 4 a 0. No entanto, as manchetes no dia seguinte destacavam mais do que o triunfo da seleção inglesa: também falavam sobre o racismo direcionado aos atletas do time visitante.

No início do jogo, quando os ingleses se ajoelharam para protestar contra o racismo, o ato foi vaiado pela torcida húngara. Durante a partida, jogadores como Raheem Sterling e Jude Bellingham foram alvos de gritos imitando macacos vindos dos húngaros presentes no estádio.

Você assiste a TODOS os jogos da Champions AO VIVO no HBO MAX! Clique aqui e assine!

Além disso, um sinalizador e vários copos de cerveja e garrafas foram atirados no gramado. Tudo isso, somado, gerou uma punição da FIFA à federação húngara, após investigação: um jogo de portões fechados e uma multa "substancial" - segundo o comunicado - de 158 mil libras (R$ 1,1 milhão).

A punição ainda prevê mais um jogo de portões fechados, caso situações parecidas voltem a acontecer dentro de um período de dois anos. 

 
Inglaterra goleia a Hungria por 4 a 0 em jogo marcado por hostilidade da torcida húngara
Comentários