Futebol Brasileiro

Grêmio pode ser multado em R$35 milhões por supostas irregularidades na venda de Arthur ao Barcelona

Apesar da situação, clube brasileiro está confiante em reverter a situação aplicada em território espanhol

Por Victor Padilha

Arthur trocou o Grêmio pelo Barcelona em 2018(Jose Breton/NurPhoto via Getty Images)

Arthur trocou o Grêmio pelo Barcelona em 2018 | Jose Breton/NurPhoto via Getty Images

O Grêmio pode ter uma dor de cabeça fora das quatro linhas para enfrentar nos próximos dias. O fisco espanhol abriu investigações para apurar possíveis irregularidades de impostos do Grêmio na transferência de Arthur para o Barcelona, em 2018, e pode multar o clube gaúcho em, aproximadamente, R$ 35 milhões. A informação foi dada primeiramente pelo ‘UOL’ e confirmada pela reportagem da TNT Sports Brasil. 

De acordo com o fisco, o clube vendedor do atleta para uma equipe espanhola deve pagar impostos no país para não correr o risco de punição no qual o Tricolor está sendo investigado. 

O Grêmio já tem conhecimento sobre o assunto, considera o movimento do fisco espanhol um “absurdo” e diz que já tem escritórios na Espanha para sua defesa judicial. Além disso, o clube brasileiro sabe que o processo é bastante demorado, porém tem otimismo em reverter a situação com a tese de que “quem tributa o Grêmio é o Brasil”. 

Arthur trocou o Grêmio pelo Barcelona em 2018, logo após ser campeão da América pelo clube e eleito o melhor jogador da final. O negócio na época foi fechado por 30 milhões de euros (R$ 120 milhões no período). Hoje, o atleta defende a Juventus, da Itália, e também não se adaptou completamente ao ex-clube de Cristiano Ronaldo. 

 
Barcelona é atropelado pelo Bayern e é eliminado da Champions; veja os melhores momentos
Comentários