Blogs

Treinar mais e treinar melhor, o resumo da apresentação de Paulo Sousa

Técnico português deu a primeira entrevista como comandante do Flamengo e agradou, mostrando estar ciente do que vai encarar e o que precisa fazer para aproveitar as características do time e do clube

Por Vitor Sérgio Rodrigues

Paulo Sousa disse que pode jogar em vários esquemas e que Gabigol, Pedro e Bruno Henrique podem jogar juntos

Paulo Sousa disse que pode jogar em vários esquemas e que Gabigol, Pedro e Bruno Henrique podem jogar juntos

Ninguém no departamento de futebol do Flamengo vai admitir, até porque todos foram e continuarão sendo muito respeitosos a Renato Gaúcho, mas a repetição da palavra "compromisso" na entrevista de apresentação de Paulo Sousa como novo técnico do Rubro-Negro é uma mensagem direta para todos no clube: a equipe precisa treinar mais e treinar melhor nesta temporada.

Mesmo sabendo que o calendário e as convocações atrapalharam demais, a avaliação do ano de 2021 feita pelo departamento de futebol do Flamengo chegou à conclusão de que faltou eficiência nos trabalhos com a equipe. Essa percepção só aumentou ao fazer uma comparação da intensidade dos treinamentos praticados por Jorge Jesus no um ano em que passou pelo Ninho do Urubu. Isso foi dividido com Paulo Sousa, que corroborou esse sentimento.

A segunda reposta de Paulo Sousa na entrevista indicou isso claramente: "Elenco do Flamengo é de muita qualidade, mas precisa cada vez mais de compromisso. Só qualidade não é suficiente para ganhar títulos. Temos que trabalhar mais do que os outros.". Um discurso muito parecido com as críticas que David Luiz fez ao grupo após da derrota por 1 a 0 para o Santos no Maracanã, na reta final do Campeonato Brasileiro. O recado ao grupo está dado: a ninguém será dada a permissão para se acomodar.

Paulo Sousa se preparou e/ou foi muito bem orientado sobre o desafio em treinar o Flamengo. Por isso a entrevista agradou tanto. Seja por razões históricas (ao falar de que o Flamengo tem que ser protagonista do jogo), seja pelas características do elenco atual (inteligência para jogar em vários esquemas, se portar próximo à área adversária e ser agressivo no pós-perda da posse de bola, alicerces do vitorioso ano de 2019).

Paulo Sousa impressionou Marcos Braz e Bruno Spindel na primeira reunião que tiveram, por quase sete horas, no dia 19 de dezembro, na casa do português, em Fátima, Portugal. Ali, ele levou um dossiê analisando minuciosamente os 25 jogadores mais utilizados pelo Flamengo na temporada. Isso, somada à empolgação com que falou sobre treinar o clube, definiu a contratação dele. A primeira impressão de Paulo Souza hoje foi tão boa quanto. Agora é ver isso em prática no campo.
Comentários