Blogs

O futebol como ele pode ser - Fluminense 5 x 3 Atlético Mineiro

Um grande jogo que pode e deve ser repetido mais vezes

Por Mauro Beting

O futebol como ele pode ser - Fluminense 5 x 3 Atlético Mineiro

O futebol como ele pode ser - Fluminense 5 x 3 Atlético Mineiro

Não poucos treinadores reclamam quando um possível 2 x 1 vira um festival de gols como Fluminense 5 x 3 Atlético Mineiro, no Maracanã. Para eles, os times que treinam não foram bem. Erraram coletivamente. Pisaram na bola individualmente… 
Os técnicos saem infelizes. E pela nossa felicidade. Uma pena. 

Ainda mais quando o espetáculo de gols também espetaculares foi realmente um show de futebol como o belo e emocionante clássico no Maracanã. Sim. Alguns jogos com muitos gols também aconteceram por muitos erros defensivos. O pirotécnico Santos 7 x 6 Palmeiras, no Pacaembu, pelo Rio-São Paulo de 1958, também foi uma bizarrice de falhas e frangos. Mas melhor que sejam 13 gols a nenhum. E ainda mais com Pelé x Mazola como se viu quatro meses antes do título da Copa de 1958. 

Um 5 x 3 como esse do Flu cada vez melhor com o cada vez melhor Diniz é daqueles jogos que a gente quer ver mais. E rever muito mais. Quem debutou no Maraca não vai esquecer jamais. Até quem não estreava em estádios. 

Mas pense num jovem atleticano. Mesmo com a derrota, ele irá lembrar mais dos 3 x 5 ou do aborrecido empate sem gols e sem grande futebol contra o Palmeiras, também fora de casa, na rodada anterior?

Esse é o jogo que se quer para todos. Abusado. Inventivo. Ofensivo. Pra frente. Pra quase sempre. Possível. Como foram muito bonitos todos os gols tricolores. Muito mais pelos méritos do Flu do que deméritos rivais. 

Ainda que com os exageros usuais (para que tentar o goleiro sair sempre jogando, correndo riscos desnecessários que deram no primeiro gol), extremo mesmo foi o apuro e a beleza das bolas bem trocadas e jogadas. Bem treinadas e pensadas. 

O futebol vive. Ou melhor: revive.

Comentários